Volkswagen terá modelo compartilhado do MOIA baseado no conceito Budd-e.

Volkswagen terá modelo compartilhado do MOIA baseado no conceito Budd-e.

Se depois do ID Buzz, o conceito Budd-e pareceu ficar sem sentido, agora essa impressão pode ser deixada de lado. Pelo menos é isso que sugere Ole Harms, CEO da MOIA, empresa criada pela Volkswagen para gerenciar um serviço de compartilhamento e transporte de passageiros através de aplicativo. O futuro rival alemão de Uber e Lyft não usará modelos comuns em seus serviços. De acordo com o chefe da MOIA, o veículo a ser usado será exclusivo, um derivado do conceito Budd-e. Ele será um monovolume com até oito lugares e terá condução autônoma em nível 4. Ou seja, completamente independente do condutor. Do conceito, o veículo final terá também a conexão interna por Wi-Fi. A ideia é que sua estreia ocorra em 2019, surgindo como uma alternativa ao táxi e ao ônibus urbano. Os testes de condução do veículo devem começar em Hamburgo, Alemanha. Estranhamente, esse projeto da MOIA parece muito com o descrito por Elon Musk que, não coincidentemente em relação ao Budd-e, propôs um modelo da Tesla que resgatasse o conceito da lendária Kombi, agora visto no Volkswagen ID Buzz.
Fonte: noticiasautomotivas

2017-01-17