Lamborghini deve manter V12 aspirado no sucessor do Aventador.

Lamborghini deve manter V12 aspirado no sucessor do Aventador.

A Lamborghini está confiante sobre a permanência do V12 6.5 aspirado no sucessor do Aventador. O novo bólido de Sant´Agata Bolognese deverá compartilhar a plataforma com o Huracán e também com um terceiro modelo. Com a pressão ambiental, a única opção para a Lamborghini seria usar o W12 6.0 Biturbo da Volkswagen, o que sem dúvida tiraria a essência do touro italiano. O projeto do novo carro está sendo tocado por Stefano Domenicali, sim, o ex-Ferrari F1. Domenicali estaria bem ciente da condição exigida para o próximo superesportivo da Lamborghini, que precisa ser V12 e aspirado. Este tipo de motor é usado pelo fabricante desde os anos 60 e virou uma marca para a empresa. Mesmo com a questão ambiental, Domenicali diz que o V12 aspirado ainda tem uma vida longa na Lamborghini. Além disso, revelou que a hibridização dos modelos da marca irá acontecer, mas no momento certo. Atualmente o V12 6.5 entrega 740 cv e 70 kgfm, além de emitir 394 g/km de CO2.
Fonte: noticiasautomotivas

2017-01-31