Reestilização do Mustang 2018 chega à versão conversível.

Reestilização do Mustang 2018 chega à versão conversível.

Dias após mostrar a atualização do Mustang para a linha 2018, a Ford revela duas imagens de sua versão Conversível. Sem surpresas, as mudanças são as mesmas. Isto inclui nova frente e traseira, quadro de instrumentos digital de 12 polegadas e o câmbio automático de dez marchas. A frente recebe novo capô, grade, faróis e para-choques. Este é o conjunto responsável por uma rejeição inicial ao novo desenho, que deixou o Mustang com uma cara de “triste”. A traseira recebe um aerofólio, quatro saídas de escape, novo para-choques e elementos internos das lanternas sensivelmente alterados. Por dentro há novos materiais macios ao toque e tela de 12 polegadas no quadro de instrumentos com três modos de visualização: normal, sport e track mode. Este último é exclusivo para uso em pistas e possui conta-giros na horizontal e contador de voltas. O conversível também passa a contas com os seguintes sistemas de segurança e auxílio ao motorista: alerta de mudança de faixa, alerta de distância e assistente pré-colisão com detecção de pedestres. Sob o capô, o motor V6 3.7 sai de cena. Um dos motivos são os baixos números de venda. As opções agora são o 2.3 Ecoboost de quatro cilindros e o V8 5.0. O novo câmbio automático possui dez marchas. As vendas nos Estados Unidos começam na metade deste ano e, em 2018, ele desembarca no Brasil de forma oficial, conforme prometido durante o último Salão de São Paulo.
Fonte: primeiramarcha

2017-02-05