Ford mostra novo motor 1.5 3-cilindros que estará no EcoSport 2018.

Ford mostra novo motor 1.5 3-cilindros que estará no EcoSport 2018.

Comece a se despedir do motor 1.6 Sigma. A Ford apresentou hoje seu substituto, um inédito motor 1.5 flex de três cilindros que fará sua estreia na linha 2018 do EcoSport, no segundo semestre.Sem injeção direta e turbocompressor, o novo motor gera 137,2 cv e torque de 16,2 kgfm com etanol. A Ford só não divulgou em qual rotação obtém estes números. Para efeito de comparação, a versão mais potente do 1.6 Sigma, com duplo comando de válvulas variável, gera 135 cv a 6500 rpm e 16,7 kgfm a 3000 rpm quando abastecido com álcool.Entre as soluções técnicas do novo motor estão coletor de escape integrado ao cabeçote, eixo balanceiro com mancais hidrodinâmicos, bomba de óleo variável, correia imersa em óleo e duplo comando variável e independente de válvulas (tecnologia TiVCT).Além disso, há bobinas de ignição individuais para cada cilindro, velas de ignição centralizadas na câmara de combustão, tuchos hidráulicos com balancins roletados, virabrequim deslocado da linha de centro (o que reduz atrito interno) e sistema de partida a frio eletrônica Easy Start. Este será o segundo motor três cilindros da Ford no Brasil. O primeiro foi o 1.0, disponível com 85 cv na versão aspirada e com 125 cv na com turbo e injeção direta.Mostrado nos Estados Unidos em novembro passado, o Ford EcoSport 2018 será lançado primeiro no Brasil. O SUV compacto tem faróis maiores, bi-parábola e com bloco elíptico, e grade maior e em posição mais alta. Os faróis de neblina triangulares seguem o estilo dos do Edge e o para-choque não abandona a parte metálica que simula um protetor. O capô é novo, com vincos mais fortes.De perfil nota-se as novas rodas e os frisos cromados na base dos vidros, mas já se nota que o EcoSport norte-americano não terá estepe pendurado na traseira. A diferença para o carro vendido na Europa é a régua da placa cromada e o para-choque traseiro mais alto.Podemos dizer que a revolução está mesmo no interior, com a tela de 8? da central Sync 3 (com Android Auto e Apple Carplay) em destaque no topo. Com isso, as saídas de ar centrais desceram e todo o painel precisou ser redesenhado. O console ficou mais largo e os comandos do ar-condicionado foram redesenhados. O novo quadro de instrumentos tem aspecto mais limpo. O volante é o mesmo do Focus. Sistema de som premium Bang & Olufsen será oferecido como opcional.Fonte: Primeira Marcha

2017-05-13