De carro por aí: Electro, VUC elétrico nacional, R$ 75.000

De carro por aí: Electro, VUC elétrico nacional, R$ 75.000

Electro, empresa do pacote liderado pela chinesa Zoyte, anunciou produto, produção e preço no encontro entre Cadu Barbosa, diretor executivo, e Renato de Castro, novo prefeito de Goianésia, a 170 km de Goiânia. Reunião ratificou compromissos assumidos de parte a parte no ano passado, em ato festivo com o antigo alcaide e o governador de Goiás Marconi Perillo.
Não se resume à produção de veículos pelas marcas Electra e Zoyte, mas em espectro mais amplo, liderar Parque Automotivo com empresas chinesas fabricantes de auto peças – vidros, pneus e baterias para veículos elétricos.
Inicialmente, explicou Cadu à Coluna, Electro começa em galpão alugado, com 7.500 m2, na produção de scooters, motoneta elétrica, em outubro deste ano, por 80 colaboradores.
Prevê instalações próprias em outubro de 2019, quando demarrará fazer o VUC – veículo urbano de carga – elétrico, a imaginados R$ 75 mil, e a Zotye o hatch Z100 Logic, importando um SUV. Polo Industrial projeta decuplicar contratações em 2 anos.
Frustrou-se expectativa de o produto da Zoyte ser o jipe Stark TAC, da fabricante catarinense mudado para Sobral, Ce. Entendimentos iniciados ano passado para a aquisição da empresa por divulgados R$ 190 milhões, não prosperaram por falta de convergência entre o interesse da quase compradora, e ausência de linguagem comum entre os 106 sócios da TAC. A Zoyte esfriou o relacionamento mas não cortou o interesse.
Investimento programado para implantação de Electro e Zoyte é de R$ 150M.
Fonte: Roberto Nasser, colunista do Portal Oficina News.

2017-08-06