Jeep Compass Night Eagle aposta em visual escurecido com preços a partir de R$ 119.990

Jeep Compass Night Eagle aposta em visual escurecido com preços a partir de R$ 119.990


Após a Fiat Toro Black Jack, que chegou ao mercado nacional com preço sugerido de R$ 112.990 e o Jeep Renegade Night Eagle custando entre R$ 96.490 e R$ 120.190, a FCA agora aposta mais um vez no visual escurecido para promover o Jeep Compass Night Eagle, série especial com temática semelhante e preços a partir de R$ 119.990 na versão Flex e R$ 146.990 na Diesel.

Com visual mais agressivo, o Jeep Compass Night Eagle chega com muitos detalhes na cor preta, sendo baseada na versão Longitude e entregando um aspecto diferenciado com pintura somente nas cores Shadow (sólida) e Carbon (metálica), além de preto brilhante no acabamento, sendo introduzida na grade dianteira, molduras dos faróis de neblina, friso superior, emblemas externos e rodas de liga leve aro 18 polegadas.

Por dentro, o Jeep Compass Night Eagle apresenta o mesmo padrão de tonalidade, que foi aplicado nos difusores de ar e nas molduras do console central. A temática “blecaute” foi bem explorada no utilitário esportivo da marca americana, que chega ao mercado com motorização 2.0 Tigershark Flex com 159 cv com gasolina e 166 cv com etanol, ambos a 6.200 rpm. Os torques são de 19,9 kgfm a 4.000 rpm com gasolina e 20,5 kgfm a 4.000 rpm com etanol, que permitem o utilitário esportivo ir de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos e com velocidade máxima de 192 km/h.

Além dessa motorização, o Jeep Compass Night Eagle vem com opção de propulsor diesel 2.0 Multijet II com 170 cv a 3.750 rpm e 35,7 kgfm a 1.750 rpm. Este vai de 0 a 100 km/h em 10,0 segundos e tem velocidade máxima de 194 km/h. No Flex, o SUV vem com uma caixa automática Aisin de seis marchas e apenas tração dianteira, enquanto o diesel utiliza a transmissão automática ZF 9HP com nove marchas e tração nas quatro rodas com cinco modos de terreno: Auto, Mud, Sand e Snow, mais controle de descida, tração 4×4 com reduzida e bloqueio do diferencial.

No Jeep Compass Night Eagle, além dos itens de série já presentes na versão Longitude, a FCA acrescentou mais equipamentos para melhorar o custo-benefício do produto, que passa a dispor de faróis de xenônio, espelho retrovisor eletrocrômico, sistema de áudio premium Beats (com 9 alto-falantes e subwoofer), sensor crepuscular e sensor de chuva.

Fonte: noticiasautomotivas

2017-10-26