Citroën C4 Cactus 2018 surge na Europa com visual atualizado e suspensão hidráulica

Citroën C4 Cactus 2018 surge na Europa com visual atualizado e suspensão hidráulica

Já visto em flagrante, o Citroën C4 Cactus 2018 agora finalmente dá as caras no mercado europeu. O misto de hatch e crossover surge com visual atualizado, agora mais próximo do C4 Picasso e dos novos C3 e C3 Aircross europeus. Nas mudanças, o modelo recebeu indicadores de direção e luzes diurnas em LED posicionados juntos a uma estreita grade com duplo chevron devidamente cromada.
Com isso, o conjunto ótico principal manteve-se isolado mais abaixo, com os projetores de dupla parábola. O para-choque também foi completamente redesenhado e agora possui um corpo inferior anexado com material Airbump, que permite riscos e pequenas batidas sem se deformar. Aliás, o Citroën C4 Cactus 2018 agora tem essa proteção na base das portas também, diferente do modelo anterior.
Essa alteração deixou o Citroën C4 Cactus 2018 com um visual mais limpo. Na traseira, outra grande modificação foi a introdução de lanternas duplas em LED com efeito 3D, muito parecidas com as do C4 Picasso. Bipartidas pela tampa do bagageiro, elas dão ao crossover um aspecto mais sofisticado, bem diferente do anterior, muito simples. O para-choque também possui Airbumps assim como o dianteiro. O teto tem opção de vidro panorâmico e os retrovisores apresentam repetidores de direção. A Citroën também usa e abusa de tons alegres e mesclas biton bem chamativas.
Por dentro, o Citroën C4 Cactus 2018 manteve o mesmo estilo controverso – para alguns – mas com novos materiais e tonalidades, totalizando quatro tons internos, especialmente nas novas “poltronas” Advanced Comfort, que possuem espuma 15 mm mais alta e densidade que se molda melhor ao corpo.
Deve-se lembrar que o modelo é o único que porta airbag do passageiro sobre o para-brisa, criando assim um espaço maior para o porta-luvas. As telas são digitais para instrumentação e entretenimento (com Android Auto, Apple CarPlay e MirrorLink), bem como navegação 3D com dados de tráfego. Mas, todo esse “lounge” criado pela marca parisiense agora está mais confortável e isso não vem só dos novos bancos largos. Ela também introduziu vidros acústicos (incluindo o para-brisa) e maior isolamento no cofre e também no assoalho, bem como vedação dupla nas portas.
A principal novidade do Citroën C4 Cactus 2018, no entanto, está sob a carroceria. O crossover passa a adotar a tecnologia PHC (Progressive Hydraulic Cushion), uma tecnologia com mais de 20 patentes registradas pela Citroën, que envolve a incorporação de amortecedores hidráulicos progressivos que filtram a maioria das irregularidades do solo, atuando diretamente no controle dinâmico do veículo, sendo considerado pela imprensa europeia como um “tapete mágico”. Essa tecnologia foi testada no modelo anterior e surpreendeu os jornalistas europeus.
Mas não para por aí. O Citroën C4 Cactus 2018 também recebeu dois novos motores, sendo o Puretech Turbo 1.2 de 130 cv com câmbio manual de seis marchas e o diesel 1.5 BlueHDi, que entrega 120 cv. Além destes, permaneceram os Puretech 1.2 de 82 cv e 110 cv, na versão Turbo. O crossover passa a adotar frenagem automática de emergência, alerta de fadiga, monitoramento de ponto cego, reconhecimento de placas, alerta de mudança de faixa e comandos de voz adicionais.
Já visto em testes no Brasil, espera-se que o Citroën C4 Cactus desembarque por aqui já atualizado e de preferência com as tecnologias do Advanced Comfort apresentadas na Europa. Aliás, provavelmente a construção da carroceria passou a adotar um sistema de colagem das chapas de aço, que permite assim criar uma estrutura mais rígida e leve.

Fonte: noticiasautomotivas

2017-10-27