Bugatti Chiron deve ganhar versão ainda mais insana em Genebra

Bugatti Chiron deve ganhar versão ainda mais insana em Genebra

Um dos hipercarros mais rápidos do mundo, o Bugatti Chiron pode estar prestes a se tornar ainda mais insano numa versão exclusiva. O novo modelo apareceu em um vídeo teaser divulgado pela fabricante no último domingo (4) no Facebook e será apresentado publicamente durante o Salão do Automóvel de Genebra, a partir do dia 8 de março – vale lembrar que o Chiron foi revelado mundialmente no mesmo evento há exatos dois anos.
Ainda não se sabe, porém, quais os diferenciais serão ofertados pelo novo Chiron topo de linha para atrair os consumidores endinheirados. Mas como indica o vídeo, o automóvel poderá contar com aprimoramentos no motor 8.0 W16 quad-turbo, que na versão atual consegue desenvolver 1.520 cavalos de potência e 163,15 kgfm de torque. Se formos tomar como base os antigos Veyron convencional e Veyron Super Sport, a potência máxima do bólido poderia subir para insanos 1.800 cavalos, suficientes para superar modelos como Koenigsegg e Hennessey.
Poderá haver ainda um novo sistema de escape com quatro saídas de escape circulares, ao invés das duas ponteiras quadradas angulares que equipam o Bugatti Chiron atual. A lista deverá incluir também melhorias na aerodinâmica, visto que a Bugatti salientou o funcionamento do aerofólio traseiro retrátil do carro, além de algumas mudanças no visual que poderão ser usadas para identificar a nova versão.
Todas essas novidades poderão ser usadas para fazer com que o Chiron recupere o título de carro de produção mais veloz do mundo, que foi roubado pelo Koenigsegg Agera RS no último ano (ele acelerou de 0 a 400 km/h em 36,44 segundos), ultrapassando a casa dos 480 km/h em questão de poucos segundos.
A verdade é que, independentemente do número de modificações/aprimoramentos, esta nova versão mais “insana” do Bugatti Chiron certamente terá produção ainda mais restrita e um preço final ainda mais elevado. Para efeito de comparação, o Chiron convencional tem volume de produção de 500 unidades, sendo limitado a 70 exemplares por ano. Já o preço inicial é de cerca de US$ 2,6 milhões.
Fonte: noticiasautomotivas 

2018-03-09