VW T-Cross chega às lojas do Brasil no primeiro semestre de 2019.

VW T-Cross chega às lojas do Brasil no primeiro semestre de 2019.

A Volkswagen confirmou a produção do SUV compacto T-Cross no Brasil. O modelo chegará às lojas no primeiro semestre de 2019.

O modelo é baseado no conceito T-Cross Breeze mostrado no Salão de Genebra, em março de 2016. Ele vai usar a plataforma modular MQB. A mesma base do Polo e Virtus.

Do investimento total, R$ 600 milhões serão para o desenvolvimento, testes e validação do produto. O outro R$ 1.4 milhão é para a ampliação e modernização da fábrica.

O T-Cross vem para brigar com o segmento que tem hoje como principais expoentes o Honda HR-V e o Hyundai Creta.

Outros rivais serão o Jeep Renegade, Peugeot 2008, Citroën C4 Cactus (que chega no final do ano) e Renault Duster e Captur e Ford EcoSport.

Na parte mecânica, ele vai usar a mesma base dos “irmãos” Polo e Virtus, o motor 1.0 turbo flexível de até 128 cv e, provavelmente, o 1.6 que no sedã e hatch rende até 117 cv.

Além da produção para o Brasil, o T-Cross será importado para o restante da América do Sul, Central e Caribe da fábrica paranaense.

Esse investimento é parte dos R$ 7 bilhões que serão alocados até 2020. O aporte tinha sido anunciado pelo ex-CEO da VW Brasil e Latam, David Powels, durante o Salão do Automóvel de 2016.

Outros SUVs
O T-Cross é o segundo de cinco SUVs que serão lançados pela Volkswagen no País até 2020.

O primeiro é o Tiguan, que foi confirmado duas semanas atrás nas versões de cinco e sete lugares. Depois deles virão ainda o médio feito na Argentina, o Tharu e o o grande, importado dos EUA, o Atlas.

Completa a lista o subcompacto T-Track, que ficará abaixo do T-Cross. Ele vai brigar com o subcompacto da Peugeot, que deve atender por 1008 e o “mini Renegade”.
Fonte: jornaldocarro

2018-04-07