Citroën coloca Airbumps no C3 Urban Trail que parte de R$ 63.590

Citroën coloca Airbumps no C3 Urban Trail que parte de R$ 63.590

Relembrando o XTR, mas não tão cheio de apetrechos estéticos, o Urban Trail chega para ser uma versão personalizada do C3 na gama nacional, custando a partir de R$ 63.590. A Citroën colocou nessa nova opção, os chamados Airbumps, material plástico que não se deforma ou risca em caso de pequenos impactos, preservando o acabamento exterior da parte protegida da carroceria e o visual. Essa é a primeira vez que esse tipo de revestimento é aplicado em um modelo da marca parisiense no mercado brasileiro. Antecipando o C4 Cactus, o Citroën C3 Urban Trail simplesmente surgiu no congurador da marca, sendo oferecido com motor EC5M StartFlex com 115 cavalos na gasolina e 118 cavalos no etanol, bem como 16,1 kgfm nos dois combustíveis. O propulsor nessa calibração atualizada só vem equipada com transmissão automática EAT6 de seis velocidades, que traz três modos de condução, focados na economia, esportividade e o dia a dia. Mas, além disso, o Citroën C3 Urban Trail vem com teto e colunas em preto brilhante, dando assim uma visual mais chamativo. O hatch é oferecido nas cores Branco Banquise (sem custo), Prata Aluminium, Cinza Grato e Vermelho Rubi (metálicas), estas três últimas custam R$ 1.390. Já os Airbumps são instalados em novas molduras laterais e apresentam um dos relevos baixos em cor branca. Como diferencial, o modelo traz ainda rodas de liga leve exclusivas aro 16 polegadas, bancos bordados com o nome Urban Trail, saias de rodas pretas em plástico, maçanetas e retrovisores em cinza e logotipia nas portas dianteiras e traseira.
O Citroën C3 Urban Trail oferece também luzes diurnas em LED, faróis de neblina, arcondicionado digital, direção elétrica, trio elétrico, computador de bordo, porta-luvas refrigerado, entre outros. A nova opção se torna um reforço para o compacto feito sobre a plataforma PF1 em Porto Real-RJ. Ele parte atualmente de R$ 43.990 na versão St@rt, vendida através da internet e vem ainda equipada com motor Puretech 1.2 de três cilindros com 84 cavalos na gasolina e 90 cavalos com etanol, tendo ainda 12,2 e 13,0 kgfm de torque, respectivamente.
Sem perspectiva de nova geração por aqui, o Citroën C3 aposta na relação custo-benefício melhor com motor 1.2 econômico com câmbio manual e 1.6 atualizado com transmissão automática para manter-se razoavelmente bem no mercado nacional, onde emplacou 3.173 unidades de janeiro a maio e 604 exemplares no mês passado.


Fonte: Notícias Automotivas

2018-06-11