Ford pagará R$ 1 bilhão por air bags defeituosos

Ford pagará R$ 1 bilhão por air bags defeituosos

A Ford concordou em pagar US$ 299,1 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão) em indenizações nos Estados Unidos ainda a respeito dos air bags defeituosos da Takata. O montante servirá para cobrir perdas econômicas referentes à seis milhões de veículos no país. A decisão foi tomada por um tribunal em Miami e ainda vai ser aprovada pela justiça norte-americana.

As perdas descritas no processo estão ligadas a cuidados médicos referentes a acidentes relacionados ao problema, e qualquer outro gasto para que os veículos fossem reparados. O processo também prevê que a Ford ceda carros reserva para os proprietários enquanto providencie a troca dos insufladores defeituosos.

Seis fabricantes já fecharam acordos semelhantes que somam cerca de US$ 1,2 bilhão (R$ 4,8 bilhões). Honda, Toyota, Nissan, Mazda, Subaru e BMW irão indenizar proprietários de milhões de unidades envolvidas. O recall foi o maior da história automobilística relacionado à segurança, envolvendo 100 milhões de unidades de 19 fabricantes produzidas em todo o mundo.

Pelo menos 23 mortes estão ligadas aos insufladores problemáticos. O equipamento pode disparar fragmentos de metal da carcaça interna durante a explosão do air bag. O defeito acentuou os ferimentos em acidentados e causou as mortes. Foram 21 fatalidades em modelos da Honda e duas em Fords. Também foram registrados 290 feridos ao redor do mundo.

Estima-se que cerca de 30 milhões de carros ainda rodem nos Estados Unidos sem os reparos devidos.

Fonte: Jornal do Carro

2018-07-21