Dacia nega que fará Duster de sete lugares

Dacia nega que fará Duster de sete lugares

Um dos grandes rumores de 2018 foi que a nova geração do Duster ganharia uma versão de sete lugares. Produzido e vendido como Dacia na Europa e Renault por aqui, o SUV vai continuar da maneira que é. Pelo menos por enquanto.

Em entrevista para a publicação Autocar, Louise O’Sullivan, chefe para o Reino Unido, afirmou que a versão de sete lugares não será produzida. O motivo é o aumento de gastos, o que resultaria em sair da filosofia de baixo custo dos produtos da Dacia.

A segunda geração do modelo já está à venda na Europa e segue fazendo sucesso, apesar da pouca mudança em relação a atual, ainda em produção no Brasil. Esse carro, está fazendo sucesso na Europa e foi apresentado durante o Salão do Automóvel de Frankfurt, no ano passado.

Novo Duster
Essa nova geração do Duster tem como uma das principais evoluções avançar o para-brisa em 10 cm. Ele também ficou mais inclinado, o que aumentou o espaço na cabine – que já era bom. Esta segunda geração tem um novo design, mas nada revolucionário. É bem parecido em relação ao que existe à venda no Duster que atualmente está no mercado brasileiro. Sendo visto mais como uma evolução do SUV.

Na dianteira os faróis estão mais alongados e retangulares com bordas mais ovaladas, abrindo mão do formato tão quadradão até então utilizado, além disso incorporou novos LEDs diurnos. O para-choque é novo e traz um falso “peito de aço” e o capô traz vincos pronunciados que formam um V ressaltado.

Atrás, as lanternas estão quadradas e lembram as utilizadas pelo Jeep Renegade, no formato e na disposição das luzes. Há ainda rack de teto cromado e rodas de 17 polegadas.

Fonte: Jornal do Carro Estadão

2018-08-19