Honda investiga problema no CR-V 2018

Honda investiga problema no CR-V 2018

A Honda está investigando um problema no motor do CR-V 2018, nos Estados Unidos. A falha analisada é no propulsor 1.5 turbo, o mesmo que equipa os exemplares do utilitário-esportivo vendidos no Brasil.
Porém, é improvável que os exemplares do CR-V 2018 destinados ao País (que são feitos nos EUA) sejam afetados. Isso porque o carro foi lançado aqui em março de 2018.
Os exemplares que podem ter o problema são 2017-2018. Como chegou neste ano, dificilmente há unidades que foram produzidas no ano passado.
CR-VNova geração do Honda CR-V começa a ser vendida no Brasil em abril. Em versão única, Touring, SUV médio tem preço sugerido de R$ 179.900. Motor é 1.5 turbo, com 190 cv de potência. Entre os destaques estão o espaço interno, o conforto, o bom desempenho em curvas e a ampla lista de equipamentos. 
Aumento no nível de óleo do CR-V 2018Nos EUA, foi a revista Consumer Reports que publicou a informação sobre o possível problema no motor do CR-V 2018. À reportagem, a Honda confirmou a informação.
Ao site Autoblog, a montadora relatou detalhes sobre o possível problema. De acordo com a Honda, surgiram relatos nos Estados Unidos sobre aumento no nível do óleo do motor em exemplares 2017-2018 do CR-V.
A montadora investiga o problema e espera oferecer, na rede de concessionária, uma solução até meados de novembro.
Também conforme informações da Honda, os problemas do CR-V 2018 são mais frequentes no norte dos Estados Unidos. Isso pode estar relacionado às temperaturas mais baixas da região.
A causa do problemaO problema pode estar sendo causado por uma invasão da gasolina não queimada ao reservatório de óleo do motor. Essa mistura pode afetar a durabilidade do motor.
Se o óleo for diluído, ele não poderá lubrificar adequadamente o motor, causando desgaste rápido nos componentes.
Problemas semelhantes já haviam sido reportados por exemplares do CR-V 2018 e do Civic (que também usa o motor 1.5) na China. Nos EUA, no entanto, a falha não afeta o sedã.
No país asiático, a solução encontrada foi ajustar uma configuração da injeção de combustível. Nos EUA, por enquanto, os concessionárias estão trocando o óleo dos modelos afetados. Essa solução, porém, é temporária, pois não resolve definitivamente o problema do CR-V 2018.
Fonte: Jornal do Carro

2018-10-08