Suzuki não esperava tanta demanda pelo novo Jimny

Suzuki não esperava tanta demanda pelo novo Jimny

Pequeno SUV da Suzuki, o novo Jimny é um sucesso de vendas em todo o mundo. O chefe da montadora no Reino Unido, Dale Wyatt, declarou em entrevista a Autocar que a procura é tanta que a montadora não conseguirá atender a todos os clientes que desejam ter o jipinho em sua garagem neste ano.

Como a demanda está muito grande no Japão, onde a empresa produz seus carros, os mercados de mão-inglesa (onde o volante fica do lado direito) estão sendo limitados. Por lá, o Jimny chega com um motor de três cilindros e 63 cv de potência. São duas opções de câmbio: manual com cinco marchas ou automático com quatro.

A companhia tem 4.500 pessoas interessadas em ter o novo modelo. Com o frenesi causado pelas vendas, entretanto, a Suzuki só conseguirá enviar 1.100 para a Grã-Bretanha nesse ano. Assim, muita gente que gostaria de ter o seu Jimny terá que esperar até 2019.

Jimny é mais potente na Europa
Os japoneses esperam entregar por volta de 2.000 unidades do SUV por ano, com algumas mudanças na produção do veículo. Na Europa, o carro é um pouco diferente: motor 1.5 aspirado, com 100 cv. As opções de câmbio são iguais.

Fonte: Jornal do Carro

2018-10-18