Land Rover cancela Range Rover SV Coupé

Land Rover cancela Range Rover SV Coupé

A Land Rover desistiu de fabricar o luxuoso Range Rover SV Coupe. O modelo, concebido como uma versão duas portas do Range Rover Vogue remontava ao primeiro modelo da marca. A versão foi desenvolvida pela divisão de operações especiais SVO e teria apenas 999 unidades fabricadas.

Em comunicado, a marca confirmou que não produzirá o modelo e que “focará recursos e investimentos na próxima geração do produtos”. Leia-se, o novo Defender, que finalmente deve chegar às ruas, além de evoluções em modelos já existentes.

A Land Rover reiterou que o cancelamento não foi por falta de demanda. Sem dizer quantas unidades chegaram a ser vendidas, a marca não chegou a completar nem entregar nenhuma unidade.

O modelo foi apresentado em março e seria o veículo mais luxuoso já produzido pela marca. Baseado no Vogue SVAutobiography, eleteria visual ligeiramente mais esportivo e suntuosas poltronas traseiras com direito a acabamento diferente do restante do carro. Também seria o primeiro Land Rover a usar rodas de até 23 polegadas.

Extravagante demais ou não, a razão mais provável do cancelamento do projeto é o plano da Jaguar Land Rover de economizar 2,5 bilhões de libras (cerca de R$ 12 bilhões) no próximo ano e meio. A marca também já revelou que irá cortar 4.500 postos de trabalho como parte do plano de corte de custos.

Em comunicado, a marca confirmou que não produzirá o modelo e que “focará recursos e investimentos na próxima geração do produtos”. Leia-se, o novo Defender, que finalmente deve chegar às ruas, além de evoluções em modelos já existentes.

A Land Rover reiterou que o cancelamento não foi por falta de demanda. Sem dizer quantas unidades chegaram a ser vendidas, a marca não chegou a completar nem entregar nenhuma unidade.

O modelo foi apresentado em março e seria o veículo mais luxuoso já produzido pela marca. Baseado no Vogue SVAutobiography, ele teria visual ligeiramente mais esportivo e suntuosas poltronas traseiras com direito a acabamento diferente do restante do carro. Também seria o primeiro Land Rover a usar rodas de até 23 polegadas.

Land Rover passa por corte de custos
Extravagante demais ou não, a razão mais provável do cancelamento do projeto é o plano da Jaguar Land Rover de economizar 2,5 bilhões de libras (cerca de R$ 12 bilhões) no próximo ano e meio. A marca também já revelou que irá cortar 4.500 postos de trabalho como parte do plano de corte de custos.

Fonte: Jornal do carro

2019-02-04