Esportivo Volkswagen Jetta GLI surge no Salão de Chicago

Esportivo Volkswagen Jetta GLI surge no Salão de Chicago

Como era esperado, antes do Salão de Chicago abrir as portas aos visitantes no próximo dia 9, a Volkswagen revelou o esportivo Jetta GLI. O modelo é o “sedã do Golf GTI”, já que além do visual mais apimentado, traz o mesmo conjunto mecânico do hatch.

Essa é sétima vez que o Jetta tem uma versão esportiva – desde a primeira geração do sedã, em 1984. Conforme antecipado, ele ganhou o motor 2.0 turbo de 230 cv e 35,6 mkgf. Para os puristas, invejem o mercado americano: além do automatizado de seis marchas e dupla embreagem, haverá uma opção manual com seis velocidades.

A suspensão teve sua altura reduzida 1,5 cm em relação ao Jetta convencional, mas manteve o padrão: McPherson na dianteira e independente multilink atrás. Do Golf GTI vieram também os freios com discos de 34 cm na frente. Outro item do modelo é o diferencial eletrônico e a direção com assistência elétrica variável.

Visual de GTI
Na parte visual, o Jetta GLI traz a grade em formato de colmeia com a faixa vermelha cortando de ponta a ponta. O para-choque traseiro também é novo e traz um difusor integrado, além de saídas duplas de escape cromadas. Os faróis de LED são itens de série e as rodas de 18 polegadas com cinco raios duplos são exclusivas da versão.

Por dentro a lógica de esportividade continua: bancos semiesportivos de couro preto com costura vermelha. A mesma combinação foi aplicada ao volante, manopla de câmbio e tapetes. As comodidades incluem aquecedores de banco, ar-condicionado de duas zonas, iluminação ambiente e painel virtual. Um opcional é o sistema de som BeatsAudio de 400 watts de potência.

Edição especial de 35 anos
Uma série especial de 35 anos está disponível no lançamento. A diferenciação dessa versão são as rodas pintadas de preto com uma linha vermelha, o teto pintado de preto combinando com a capa dos espelhos e o spoiler na tampa do porta-malas. Há ainda um logo da série no painel e também no lado externo. As unidades de celebração dos 35 anos do modelo terão também suspensão adaptativa de série.

Fonte: Jornal do Carro

2019-02-11