Audi Q5 híbrido será mostrado em Genebra e deve chegar ao Brasil.

Audi Q5 híbrido será mostrado em Genebra e deve chegar ao Brasil.

Produzido somente no México, o Audi Q5 TFSI “e” deverá ser apresentado em Genebra, nos próximos dias, juntamente com outros modelos eletrificados da marca alemã, sendo estes A6, A7 e A8. O SUV de luxo terá duas opções em termos de desempenho e eficiência: Comfort e Sport. No primeiro caso, a potência combinada será de 300 cavalos, enquanto a versão de maior desempenho, terá 367 cavalos. Nos dois casos, o Audi Q5 TFSI “e” utiliza o propulsor EA888 2.0 TFSI movido por gasolina, em combinação com motor elétrico de baixa potência, suficiente para manter um desempenho aceitável utilizando somente energia elétrica. A autonomia nos dois casos será de 40 km no ciclo WLTP, que é executado na vida real. O uso do termo “TFSI e” foi uma mudança repentina na Audi, que agora só utilizará a designação e-tron em modelos elétricos, embora os híbridos plug-in do A3 e do Q7 usem essa identificação, mas isso deve durar muito, a fim de evitar confusão dentro do portfólio. Além da propulsão híbrida plug-in, o Audi Q5 TFSI e virá com pacote S Line, deixando o visual mais sofisticado, mas não haverá opção de suspensão esportiva e nem de visual mais agressivo, como nos casos de A6 e A7, por exemplo. O modelo contará com três modos de condução: EV, Auto e Hold. O EV é puramente elétrico e, como já dito, terá alcance de 40 km apenas, algo semelhante à proposta do Porsche Panamera e-Hybrid, por exemplo. No Auto, o carro deverá se deslocar com ajuda de um sistema de navegação preditiva, que indica o melhor caminho para economizar combustível e energia, assim como orienta o condutor no momento de acelerar. Por fim, o Hold reserva uma parte da energia da bateria para ser utilizada em um momento mais oportuno durante a viagem, algo parecido com o sistema híbrido da Volvo. Ele deve chegar por aqui nos próximos meses.
Fonte: fulltransfe

2019-03-09