Mini remasterizado custa quase R$ 400.000.

Mini remasterizado custa quase R$ 400.000.

O Mini está de volta! Mas não nesta versão moderna criada pela BMW. Sessenta anos depois de seu lançamento, em 1959, a Mini apresentou o seu compacto em versão "remasterizada", um trabalho manual feito pela customizadora David Brown Automotive. De acordo com o site Motoring, este trabalho de David Brown é uma continuação ao tema de reinterpretação dos clássicos britânicos, que começou com o Aston Martin Speedback GT. "Estávamos procurando outro produto que fosse algo icônico do passado. O Mini se destacou, a meu ver, como um dos carros mais brilhantemente projetados de todos os tempos. Infelizmente, foi também um dos mais mal construídos. Nós achamos que poderíamos lidar com o último, e essa foi a semente para o projeto", afirmou Brown.
Apesar de manter o DNA do Mini original, uma coisa mudou: o carrinho que inicialmente custava 497 libras (convertendo para os dias atuais), o equivalente a R$ 2.500, agora passa a valer 75.000 libras (R$378.000). “Quando remasterizamos um carro, começamos com um carro existente e depois fazemos um trabalho abrangente de levar a carroceria, a pintura, equipamentos e o acabamento até aos mais altos padrões”, diz Brown. “Obviamente, também reformulamos maciçamente todos os equipamentos mecânicos para tornar o resultado muito melhor de dirigir do que era o original”.
O dono da preparadora afirmou que recebeu diversos pedidos de encomenda, mostrando que os preços estratosféricos não são um problema para os amantes de Mini. "Todo mundo ama o carro. Isso faz você sorrir quando vê um, e esse sorriso só aumenta quando você o dirige”, finaliza.

2019-03-18