Onix e Prisma Joy ganharão visual da geração atual

Onix e Prisma Joy ganharão visual da geração atual

O lançamento da nova geração de Chevrolet Onix e Prisma, que ocorrerá no segundo semestre, é um dos mais aguardados deste ano. E não é para menos. Líderes de vendas em seus segmentos, os dois modelos sofrerão a primeira renovação expressiva desde o lançamento, em 2012. As versões Joy também terão novidades: receberão o visual da geração atual.

A ideia da Chevrolet é continuar explorando as variantes Joy como opções competitivas no segmento de entrada, sobretudo para frotistas. Como a marca engavetou os planos de lançar um subcompacto, é com Onix e Prisma Joy que ela enfrentará modelos como Fiat Uno, VW Gol e os Renault Kwid e Logan.

Com as mudanças, Onix e Prisma Joy devem ficar com o visual parecido com o das atuais opções Advantage. Essas versões receberam a reestilização de 2016, mas tiveram o acabamento simplificado. Não têm, por exemplo, rodas de liga leve ou central multimídia MyLink 2, mas oferecem câmbio automático. Com isso, são opções mais em conta para o público PCD.

Motor das versões Joy não terá atualização
Não é apenas no visual que as versões Joy se distanciarão da nova geração de Onix e Prisma. Os modelos renovados receberão nova motorização. Isso deverá finalmente corrigir a defasagem técnica que os compactos da Chevrolet têm diante da concorrência, já que são os únicos modelos do mercado que não contam com motores de três cilindros, mais ágeis e eficientes.

Já as versões de entrada Joy continuarão trazendo o veterano motor 1.0 de quatro cilindros. Ele entrega potência de 80 cv e torque de 9,8 mkgf, com etanol. Se abastecido com gasolina, são 78 cv e 9,5 mkgf, respectivamente.

Para não encarecer a tabela, os itens de série permanecerão frugais. Ou seja, nada além de ar-condicionado, direção assistida, travamento central das portas, vidros elétricos apenas nas portas dianteiras e preparação para som.

Fonte: Jornal do Carro

2019-04-06