Nova geração do Ford Kuga está maior e mais leve

Nova geração do Ford Kuga está maior e mais leve

A Ford finalmente apresentou a nova geração do SUV médio Kuga. O modelo que em alguns mercados como os Estados Unidos é chamado de Escape, está na quarta geração e traz algumas novidades, como versões híbridas.

O modelo foi apresentado na Europa com três opções de acabamento: Titanium, ST-Line, com aparência esportiva, e Vignale, uma denominação que a Ford só usa no velho continente para um revestimento mais requintado em seus carros. Nos Estados Unidos, onde é chamado de Escape, terá também as opções S, SE e SEL.

Em termos de espaço, o Kuga está 44 mm mais largo e 89 mm mais longo, o que dá 43 mm a mais de espaço para os ombros e 57 mm para os quadris nos bancos dianteiros. Atrás, são 20 mm e 36 mm a mais para as mesmas medidas, respectivamente. A altura total do veículo foi reduzida em 20 mm se comparado ao antecessor. Porém, o novo oferece 13 mm na frente e 35 mm atrás a mais de espaço para a cabeça dos ocupantes.

Disponível em versão de sete lugares, o Ford Kuga tem a segunda fileira de bancos corrediça e isso pode aumentar o espaço do porta-malas em até 67 litros – chegando a 1.062 litros. Isso apenas para as versões a combustão, já que nas híbridas, o pacote de baterias fica sob os bancos.

Motores do Ford Kuga
A Ford trata o Kuga como o “mais eletrificado Ford de todos os tempos”. O modelo oferece três variantes híbridas, a plug-in (que pode ser recarregada na tomada), Hybrid e o EcoBlue Hybrid. Esse último a diesel.

Os dois primeiros utilizam o motor quatro cilindros 2.5 de ciclo Atkinson combinado a um motor elétrico e um gerador. A bateria de íons de lítio tem 14,4 kWh e, combinados, entregam 225 cv. A versão Plug-in pode rodar só no modo elétrico por até 50 km e carrega a bateria em um ponto de 230V em cerca de 4 horas.

Na gama de motores a combustão há o 1.5 EcoBoost em versões de 120 cv, 150 cv ou 180 cv com sistema de desativação de cilindros – o primeiro para um tricilíndrico. Ele desativa um dos cilindros se o motor não estiver sendo exigido. Dependendo do mercado há também o 2.0 turbo de 250 cv da família EcoBoost. A transmissão é sempre automática de oito marchas.


Equipamentos
Por dentro o Ford Kuga traz de série uma central multimídia com tela de 8 polegadas, mas há uma opção mais completa que inclui o painel virtual com tela de 12,3 polegadas. Há cinco modos de condução: Normal, Eco, Sport, Slippery (escorregadio), Snow (Neve) e Sand (Areia).

O Ford Kuga oferece ainda um sistema de head-up display, mostrando informações do painel projetadas no para-brisa. Entre as assistências ao motorista há uma de direção evasiva, que ajuda a virar as rodas para tomar uma medida veloz, como uma rápida troca de faixa de rolamento.

Há ainda sistema de carregamento de smartphone por indução, sistema de som Bang&Olufsen, alerta de ponto cego, assistente de pré-colisão, controle de velocidade de cruzeiro adaptativo com assistente de tráfego, leitor de placas, entre outros.

O FordPass Connect permite transformar o carro em um roteador Wifi se houver o modem instalado e conectar até dez aparelhos a rede, além disso ele faz ligações para serviços de emergência em caso de acidentes.

Fonte: Jornal do Carro

2019-04-09