Lightyear One Prototype promete carregamento com energia solar.

Lightyear One Prototype promete carregamento com energia solar.

A Lightyear é uma startup holandesa que busca uma solução para os problemas de carregamento dos carros elétricos e a origem da energia. A companhia fundada por cinco pessoas desenvolveu um automóvel que promete usar a energia solar como fonte de alimentação para seu produto, que por enquanto é chamado de Lightyear One Prototype.

Trata-se de um interessante fastback no melhor estilo alemão e com algumas semelhantes em relação ao Volkswagen XL1. Embora a Holanda esteja anos-luz de países como o Brasil, em infraestrutura para recarga de carros elétricos e híbridos, a Lightyear pensa que seu carro pode evitar utiliza-los com uma fonte inesgotável de energia, limpa e de graça.

Um dos problemas que cercam os carros elétricos é a origem da energia, que a Lightyear defende em seu One Prototype, pois, muitos países ainda se baseiam nas termelétricas a carvão e diesel para geração de eletricidade. Com 5,057 de comprimento, 1,898 m de largura, 1,426 m de altura e um entre eixos longo, que a empresa não divulga, o modelo tem 5,8 m² de área com painéis de células fotovoltaicas.

De acordo com a Lightyear, o One Prototype protege essas células com um vidro blindado, a fim de suportar grandes cargas sem danifica-las. Muito aerodinâmico, o fastback tem coeficiente inferior a 0,20 de cx e lança mão de alguns recursos para reduzir o arrasto, como rodas especiais com cobertura parcial do eixo traseiro.

Com interior revestido em materiais leves e recicláveis, o Lightyear One Prototype tem túnel central elevado e cluster digital, além de multimídia com Apple CarPlay, Google Android Auto e gerenciamento de energia. O carro de cinco lugares tem 12 litros num compartimento entre os bancos dianteiros, além de porta-malas com 780 litros, expansível para 1.701 com o banco traseiro rebatido.

O Lightyear One Prototype possui baterias de lítio de densidade não revela, mas de porte pequeno, segundo a startup, que revelou seus números. Usando energia solar e elétrica de carregamento doméstico, o modelo alcança 725 km no ciclo WLTP. Destes, 400 com eletricidade por meio de tomada de 230V. Só com a luz do sol, na realidade da Holanda, ele rodará de 50 a 70 km no verão local.

A geração de energia solar chegará, nessa condição, a 700 kWh anualmente. O Lightyear One Prototype tem quatro motores elétricos, um em cada roda, indo assim de 0 a 100 km/h em 10 segundos. Com 100 de 500 exemplares disponíveis em pré-venda, já vendidos, o fastback elétrico custa 116.000 euros e terá produção iniciada em 2021.
Fonte: noticiasautomotivas

2019-07-07