Jaguar Land Rover deve utilizar motores da BMW.

Jaguar Land Rover deve utilizar motores da BMW.

A Jaguar Land Rover conta atualmente com a linha de motores Ingenium (foto acima). Trata-se de um projeto moderno e que envolve modularização de construção, gerando versões de quatro e seis cilindros em linha, basicamente 2.0 e 3.0 litros. No último caso, existe até a possibilidade de hibridização.

O propulsor britânico já está presente em diversos modelos das duas marcas locais, incluindo o esportivo F-Type e o Range Rover Sport. Sim, o grandão carrega um 2.0 diesel como opção no mercado europeu. Entretanto, de acordo com o site Wards Auto, a JLR teria fechado um acordo de fornecimento de motores com a BMW.

Não é que o poderíamos imaginar, mas exatamente o inverso. A fonte diz que será a BMW à fornecer motores para Jaguar e Land Rover. A questão mais racional nesse caso, seria o fim do motor AJ133, um V8 5.0 usado pelas britânicas com gasolina, bem como sua variante diesel 4.4 litros.

O negócio assim envolveria o uso dos propulsores das linhas N e S da BMW, no caso os 63. Nesse caso, o V8 4.4 twin-turbo da BMW atenderia ao requisito de emissão de CO2, que Jaguar e Land Rover precisam resolver com motores mais modernos. Ainda assim, a história vai mais longe e envolve não só motores comuns, mas também híbridos.

O acordo incluiria até motores menores da classe do Ingenium, além projetos conjuntos de redução nas emissões. Embora a Jaguar Land Rover tenha o conceito modular em seu motor atual, feito para suprimir o antigo propulsor de origem Ford, a escala de produção é bem menor que aquela da BMW.

Aparentemente, as duas inglesas estão mesmo é interessadas em elétricos e híbridos plug-in, que podem fazer parte do acordo. Os motores V6 3.0 poderão desaparecer rapidamente, caso haja uma virada de mesa local.

O Ingenium 2.0 entrega atualmente entre 200 e 250 cavalos, existindo uma variação mais potente, com 300 cavalos. No Range Rover Sport HST, o seis em linha da família Ingenium entrega 400 cavalos, mas com sistema MHEV (micro-híbrido).
Fonte: noticiasautomotivas

2019-07-25