Vendas financiadas têm pior resultado em seis anos

Vendas financiadas têm pior resultado em seis anos

Com liderança absoluta no mercado de financiamentos de veículos no período de incentivos fiscais oferecidos pelo governo, as vendas de automóveis novos sofreram um golpe duro em fevereiro, registrando o menor resultado desde 2010. A participação em relação a outros segmentos foi de 28,5%, segundo relatório divulgado pela Cetip.

As vendas financiadas de automóveis novos totalizaram 78.980 unidades no segundo mês do ano, retração de 25% em relação ao mesmo período do ano passado. Os automóveis usados tiveram menor retração em relação a janeiro, de 4,5%, totalizando 198.210 unidades, e de 4,8% em comparação com o fevereiro de 2015.

Entre carros leves usados, a melhor performance foi entre automóveis com até três anos de uso. Foram negociadas 49.368 unidades em fevereiro queda de 1,1% em relação a janeiro, a menor baixa entre as outras faixas de uso. Já os financiamentos dos carros de 9 a 12 anos de uso caíram 6,9%, quando comparado com janeiro.

Mercado
As vendas financiadas de veículos em todos os segmentos registraram nova queda em fevereiro. As 350.046 unidades vendidas a prazo no período, entre zero km e usadas, apontam uma baixa de 12,3% em relação ao mesmo período de 2015. Já em relação a janeiro houve baixa de 4,8%.

O levantamento da Cetip considera automóveis de passeio, comerciais leves, motocicletas e pesados. Reflexo do período conturbado da economia nacional, a procura por financiamentos de usados apresentou melhor desempenho em relação aos novos. O segundo 

mês de 2016 totalizou 215.301 veículos usados, recuo de 4,1% na comparação com janeiro. As vendas a prazo de veículos novos somaram 134.745 unidades, retração de 5,8% em relação a janeiro e de 29,9% no acumulado do ano.

Modalidades
Entre as modalidades de financiamento o destaque foi o consórcio, com alta de 1,5% em relação a janeiro. O impulso maior foi dado pelos automóveis leves usados. Em comparação com fevereiro de 2015, a queda foi de 2,7%. Considerando as operações por dia útil, o salto foi de 6,9% – foram 3.108 mil unidades negociadas em fevereiro, contra 2.908 em janeiro.

As vendas em fevereiro por meio de cotas de consórcio totalizam 59 mil unidades. Os autos leves representam 21.537 desse total, 26% a maios do que o verificado no mesmo período de 2015.

Fonte: campinas

2016-03-17