Após motos de luxo, Detran-DF promove gastança com brindes

Após motos de luxo, Detran-DF promove gastança com brindes

Depois de inúmeras críticas que levaram ao cancelamento de 14 motocicletas de luxo da BMW por cerca de R$ 650, a direção do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) se supera e demonstra que está pouco preocupada em conter gastos. A novidade é um a realização de pregão eletrônico para a aquisição de brindes educativos que serão distribuídos em ações da autarquia. O custo com os presentinhos é de nada menos que R$ 815 mil, segundo apurado pelo jornal Metrópole. Ainda segundo o jornal, a compra deve ser feita por pesquisa de preços, o que dispensa licitação. Seis empresas devem fornecer os brindes. Os itens que serão comprados com o dinheiro não estão discriminados no extrato de instrumentos contratuais. O Detran também divulgou em outro edital que usaria R$ 1 milhão para adquirir, via pregão, 50 mil bonés, 50 mil camisetas e 30 mil botons. A concorrência, que ocorreria na semana passada, foi suspensa pela direção da autarquia.
Em 2015, dos R$ 356 milhões arrecadados no DF com multas, só R$ 3,2 milhões foram usados para campanhas educativas no trânsito. Já em publicidade, a autarquia gastou R$ 9,4 milhões.
Ao Metrópoles, a direção alegou que usou 10% do montante anunciado para material educativo. O departamento alega ainda que a verba arrecadada pelo órgão com multas e serviços só pode ser destinada para educação, engenharia e fiscalização de trânsito.
Fonte: radarnacional


2016-03-29