Calote no IPVA diminui no Paraná.

Calote no IPVA diminui no Paraná.

A inadimplência do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) diminuiu em 2016. No ano passado, os veículos sem recolhimento do imposto no fechamento do prazo somavam 1.325.242 unidades, o equivalente a 30,44% da frota tributável. Já neste ano, o percentual é e 29,72 pontos (1.306.007 veículos). O IPVA é a maior fonte de receita para muitos municípios. “Cerca de 60 mil contribuintes a mais optaram pelo pagamento do IPVA no calendário de vencimento neste ano, o que é bastante expressivo, ainda mais quando se leva em conta que o aumento de 0,6% em relação à frota do ano de 2015 foi pequeno”, comenta o coordenador da Receita Estadual, Gilberto Calixto. No atual exercício, 4.394.608 veículos foram tributados no Estado, ante 4.354.334 no ano passado. A quantidade de inadimplentes deverá ser reduzida nos próximos meses, a exemplo do que aconteceu nos anos anteriores, especialmente no período de vencimentos dos prazos de licenciamento dos veículos, no segundo semestre. Neste período, o governo aguarda queda nas pendências. Em 2015, por exemplo, a inadimplência ficou em 11,5%. De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda, a inadimplência em valores também é menor neste ano. Em 2015, do valor de IPVA lançado, 20,70% estava pendente no fim do prazo. Já em 2016, os débitos representam 20,38% do valor previsto do imposto, de R$ 3,07 bilhões.

Divisão.

De todo o montante arrecadado com o IPVA, 20% vão para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Depois, metade da receita líquida vai par o Estado e, a outra parte, para os municípios. Quem está com o imposto em atraso pode fazer o pagamento informando somente o número do Renavam nos bancos credenciados (Banco do Brasil, Bancoob, Bradesco, Itaú, Rendimento e Sicredi). Outra opção é imprimir a GRPR (Guia de Recolhimento do Estado do Paraná) no portal www.fazenda.pr.gov.br.
Fonte: radarnacional

2016-04-12