As fotos da futura megassede

As fotos da futura megassede "verde" da Ford.

São Paulo – A Ford anunciou planos ambiciosos para transformar a sua sede em Michigan, nos Estados Unidos, em uma ‘minicidade’ de 690 mil metros quadrados com visual futurista e bem mais sustentável.
Desenvolvido pelo escritório de arquitetura SmithGroupJJR, o projeto tem duração estimada de 10 anos e vai reunir em dois campi cerca 30 mil funcionários da empresa que, atualmente, estão dispersos em 70 edifícios (alguns dos quais construídos na década de 1950).
Publicidade
Com a centralização, a Ford almeja impulsionar a inovação e colaboração em todos os aspectos da empresa. A primeira fase do projeto começará este ano com foco nas instalações de pesquisa e engenharia da empresa.
Ford Motor Company
Elas serão renovadas e ligadas por novos (e imensos) espaços verdes, passarelas cobertas e ciclovias. Os deslocamentos poderão ser feitos por bicicletas elétricas e outros modos de transporte verde.
Projeto da megassede da Ford (foto áreas verdes)
Um dos destaques será a construção de um novo centro de design. Todo o trabalho tem conclusão prevista para 2023.
Todos os edifícios serão projetados para minimizar o consumo de energia, com ventilação otimizada e amplas janelas. Um deles vai gerar mais energia do que consome. Ele vai contar com geração a partir de fonte solar e geotérmica para aquecimento e arrefecimento.
O The Wall Street Journal nota que a reforma ocorre em um dos momentos mais rentáveis na história da Ford, "que está gastando bilhões para construir novas fábricas, investir em novos programas de produtos e responder às novas rivais do Vale do Silício, que estão desenvolvendo seus próprios carros futuristas".
Tópicos: Ford, Empresas, Montadoras, Empresas americanas, Meio ambiente, Sedes de empresas, Escritórios, Sustentabilidade.
Fonte: Exame

2016-04-14