Argentina concorda com prorrogação de acordo automotivo por mais um ano.

Argentina concorda com prorrogação de acordo automotivo por mais um ano.

A Argentina concordou em prorrogar o acordo automotivo estabelecido com o Brasil por mais um ano. O prazo original expira no final de junho. O acordo atual prevê US$ 150 em exportação brasileira de automóveis e peças para cada US$ 100 trazidos do outro lado da fronteira. Ambas as operações feitas sem impostos. Na situação atual, o Brasil enfrenta uma grave recessão, o que prejudica muito as exportações argentinas, pois o país é o maior comprador do vizinho. Além disso, os hermanos enfrentam alta da inflação e desvalorização do peso em 29%, prejudicando assim a economia. No Brasil, a Anfavea esperava uma prorrogação por dois anos, mas com pequenos ajustes. Para as montadoras, a saída para 2016 é a exportação e a Argentina é o principal destino dos carros nacionais. A produção nacional deve cair 5,5% nesse ano, enquanto a argentina já está em queda de 12,5%. Lá, as exportações recuaram 26,5%, enquanto aqui a expectativa é de alta de 21,5%.
Fonte: noticiasautomotivas

2016-06-10