Volkswagen pretende unificar negócios e pode dispensar marcas menores.

Volkswagen pretende unificar negócios e pode dispensar marcas menores.

A Volkswagen pretende unificar negócios de suas marcas a fim de reduzir custos operacionais. Além disso, a montadora europeia pretende rever ativos de empresas periféricas, que poderiam ser vendidas com um bom lucro. Até agora muito se falou na venda de marcas menores pertencentes ao Grupo VW, ainda mais após a explosão do caso Dieselgate, onde multas e compensações que a empresa terá de pagar alcançam cifras astronômicas, na casa de bilhões de euros. A Volks já teria feito uma reunião do conselho de administração nesta terça (14) e deve anunciar na quinta (16) decisões relativas à venda de ativos. Só o rumor de possível liberação de ativos fez as ações da VW subirem 1,9% em Nova Iorque. Somente a unificação das empresas responsáveis por negócios e componentes das diversas marcas do grupo, resultaria em uma única companhia com 70 mil empregados espalhados em 24 locais pelo mundo. Ainda assim, há quem diga que a nova divisão poderia ser vendida posteriormente, o que resultaria em bilhões de euros para o caixa da VW. No caso do portfólio de marcas, a Volkswagen pode vender ativos de empresas menores, tais como a MAN Renk, MAN Diesel & Turbo e a Ducati. Vender totalmente a MAN, no caso a divisão de caminhões e ônibus, não estaria fora de cogitação, assim como a Scania. Isto porque o mercado de veículos comerciais está em ascensão na Europa.
Fonte: noticiasautomotivas

2016-06-16