Volkswagen diz que autonomia entre 290 e 450 km fará carro elétrico ser popular.

Volkswagen diz que autonomia entre 290 e 450 km fará carro elétrico ser popular.

Jürgen Stackmann, chefe de marketing e vendas globais da Volkswagen, disse que os carros elétricos só se tornarão populares quando tiverem autonomia entre 290 e 450 km, de acordo com a Autocar. Para a Volks, a bateria de 60 kWh é a chave para ter produtos dentro dessa faixa de autonomia. Além disso, Stackmann afirma que o preço do carro elétrico precisa estar de acordo com a capacidade de compra da “classe média ambiciosa”, cuja faixa de valor varia de mercado em mercado. Nos EUA, por exemplo, a faixa de preço alvo é US$ 35.000. Na Europa é de US$ 28.000. Já no Brasil, fica em torno de US$ 12.000. Para atender toda essa demanda, a Volkswagen pretende fazer uso da plataforma modular MEB para ter 30 modelos de diversas marcas até 2030. Stackmann vai além e diz que a proporção de carros elétricos nas vendas será igual ao do diesel atualmente, em torno de 45%, enquanto a gasolina continuará com seus 55% do mix. Apesar do diesel dar lugar ao elétrico na composição futura da Volks, o executivo fala que o óleo combustível ainda terá um papel importante e será focado em clientes que precisam viajar longas distâncias.

10 fábricas de baterias.

Para sustentar todo esse crescimento de elétricos, a Volkswagen pretende abrir sua primeira “Gigafactory” na China, de acordo com Automotive News. A montadora germânica terá mais de uma planta para fabricação de baterias, cuja capacidade instalada total deverá ser de 150 gigawatts/hora. Essa potência é três vezes maior que a Gigafactory da Tesla e com ela a Volkswagen pretende produzir até 3 milhões de carros elétricos por ano a partir de 2025. De acordo com um informante da VW, a quantidade de fábricas de baterias pode chegar a 10 e cada uma custará em torno de € 2 bilhões, totalizando € 20 bilhões.
Fonte: noticiasautomotivas

2016-07-01