Volvo XC60 chega ao Brasil com duas opções de combustível

Volvo XC60 chega ao Brasil com duas opções de combustível

Utilizando de brechas na legislação, montadora importa o novo SUV com motores a gasolina e diesel
A montadora sueca Volvo vai se valer do mesmo artifício legal usado por outras marcas premium no Brasil e começa a importar esta semana o XC60 2017 com motorização a diesel por R$ 199 mil (no mês de julho). O preço oficial, a partir de agosto, é R$ 215.950. A atual linha do utilitário no país tem dois motores a gasolina, em cinco versões: o 2.0 T5 de 245 cv (Kinetic, Momentum e R-Design); e o 3.0 T6 de 306cv (Inscription e R-Design).
Lá fora, a linha de diesel da Volvo possui motores com potência de 136cv a 220cv, todos turbo, com cinco cilindros em linha e câmbios automáticos de seis velocidades. Para o Brasil, virá a opção mais potente com motor 2.4, de 220cv e 44,9kgfm de torque, com a denominação D5. O modelo possui tração integral. Reestilizada em 2013, a atual linha do modelo mais vendido pela Volvo tem preços que vão de R$ 162.950, no T5 Kinetic, a R$ 263.950, no T6 R-Design. Seu principal rival, o Discovery Sport é vendido na versão diesel (190cv) com preços entre R$ 230.196 e R$ 258.796. A Volvo estuda adotar motores diesel no XC90 no país. O XC60 é responsável por 65% das vendas da Volvo Cars no Brasil. Entre janeiro e junho desse ano, o SUV Premium acumula quase 900 unidades comercializadas. A expectativa da montadora em relação a versão diesel é vender 500 unidades até dezembro.

LEGISLAÇÃO

Para serem vendidos no Brasil, carros movidos a diesel devem ter capacidade de carga acima de uma tonelada, tração 4x4 e caixa de redução, conforme a Portaria 23/94. Datada de 1994, há mais de 20 anos, a ultrapassada legislação não especifica o tipo de redução a ser utilizada. O que abre brecha legal para a homologação dos redutores eletrônicos mais modernos entre os SUVs vendidos no mercado nacional.

Fonte: Vrum

2016-07-07