Nissan testa 'esportivo do futuro' e van elétrica no Brasil

Nissan testa 'esportivo do futuro' e van elétrica no Brasil

O presidente global da Nissan, Carlos Ghosn, mostrou duas novidades mundiais no dia 4 de Agosto, no Brasil. A primeira é um esportivo futurista 100% elétrico, e a segunda é um protótipo de van elétrica com autonomia média de 600 quilômetros.
Os dois modelos serão testados no Brasil. Enquanto o BladeGlider levará pessoas para passeios curtos no Rio de Janeiro em agosto, apenas como demonstração, a van elétrica fará testes mais aprofundados nas ruas, para avaliar a viabilidade de comercialização.
'Esportivo do futuro'
Segundo a Nissan, o BladeGlider é uma evolução mais perto da realidade de um conceito apresentado em 2013, no Salão de Tóquio.
Com maior eficiência aerodinâmica, portas do tipo "tesoura" e câmeras no lugar de espelhos retrovisores, o modelo leva apenas 3 passageiros, com o piloto em uma posição central, como um cockpit de carro de corrida.
Ele é movido por dois motores elétricos instalados em cada roda da frente, com capacidade para acelerar a 100 km/h em menos de 5 segundos, de acordo com a fabricante. A potência total é de 271 cavalos, e a velocidade máxima é de 190 km/h.
Van com célula "verde"
A Nissan testará no Brasil o primeiro protótipo do mundo a ter Célula de Combustível de Óxido Sólido (SOFC), que gera energia elétrica para o motor a partir de etanol ou gás natural.
Ou seja, o modelo é movido a energia elétrica, mas esta energia é gerada pelo biocombustível - não por recargas na tomada -, o que facilita o abastecimento, aproveitando a rede de distribuição de álcool já existente no Brasil.
Segundo a Nissan, o motor é mais eficiente, e a van tem custo operacional semelhante ao de modelos puramente elétricos, mas com autonomia de veículos movidos a gasolina.

Fonte: Auto Esporte

2016-08-05