Segunda geração da Mitsubishi L200 Triton chega em outubro devendo condução semiautônoma

Segunda geração da Mitsubishi L200 Triton chega em outubro devendo condução semiautônoma

Depois das primeiras fotos numa apresentação em Campinas (SP) vazarem na noite de segunda-feira (8), a Mitsubishi confirmou hoje à imprensa a segunda geração da L200 Triton produzida em Catalão (GO). Identificada pelo sufixo Sport, em três versões (GLS, HPE e HPE Top) equipadas com o novo motor 2.4 turbodiesel de 190cv (cavalos) de potência, ela chega ao país com atraso de cerca de dois anos em relação ao mercado asiático, onde foi revelada. E não tira o modelo atual de produção, posicionada acima no catálogo de versões. Todas com cabine dupla e tração 4x4. Na GLS, a transmissão é manual de seis marchas, ao passo que na HPE e HPE Top o câmbio é automático. As vendas, porém, só começam em outubro, a partir de R$ 131.990 – R$ 40 mil a mais que a L200 Triton 2.4 flex Outdoor agora na carroceria antiga.
O design segue o conceito que o fabricante chama de J-Line, de entre-eixos reduzido “sem prejudicar o conforto interno e a capacidade de carga”, melhorando a dinâmica e facilidade em manobras: com 5,9m, o raio de giro é anunciado como o melhor da categoria.

A L200 Triton Sport também parece ter melhorado a lista de equipamentos de segurança e conforto, já bastante criticada pela proposta espartana. Ainda assim faltam recursos de condução semiautônoma presentes nas versões topo de linha das recém-reestilizadas Chevrolet S10 e Ford Ranger. Ademais, no primeiro comunicado a Mitsubishi não distinguiu o conteúdo de cada versão – certamente a maior parte dos equipamentos será exclusividade da topo de linha HPE Top, a salgados R$ 174.990.

A lista inclui ar-condicionado automático de duas zonas, airbags laterais, de cortina e de joelho para o motorista, assistente de partida em rampa e para estabilidade de reboque, central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, banco do motorista com regulagem elétrica, câmera traseira de ré, chave presencial com partida do motor por botão, comandos para troca de marcha no volante (versões automáticas), controles de tração, estabilidade e velocidade em descida, faróis bixenônio com limpador automático, freios com assistência adicional em emergência e sistema Isofix para fixação de cadeiras infantis.
NOVO MOTOR Sob o capô a L200 Triton Sport carrega o novo motor 2.4 turbodiesel com bloco de alumínio, variação de tempo de válvulas, 190cv e 43,8kgfm de torque. A tração pode operar nos modos 4×2, 4×4 (apto a rodar no asfalto), 4×4 com bloqueio do diferencial central e 4×4 reduzida. Há bloqueio do diferencial do eixo traseiro e a capacidade de carga é de 1.075 kg. Outros dados técnicos ainda não foram revelados.
São nove as opções de cores: Branco Alpino, Branco Fuji, Prata Rodhium, Prata Cool, Cinza Londrino, Preto Ônix, Vermelho Rubi, Marrom Cacau e Azul Petróleo. Até outubro interessados em conhecer a picape poderão preencher cadastro no site www.noval200triton.com.br. A concessionária mais próxima entrará em contato.

Fonte: Vrum

2016-08-11