Chevrolet Cobalt ganha seis marchas e direção elétrica para melhorar consumo

Chevrolet Cobalt ganha seis marchas e direção elétrica para melhorar consumo

Depois dos Chevrolet Onix e o Prisma reestilizados e Joy 1.0, agora é a vez de o Cobalt 2017 ganhar câmbio manual de seis marchas, no lugar da atual transmissão de cinco velocidades, e direção com assistência elétrica. O objetivo das alterações é o mesmo: reduzir a média de consumo, melhorando a avaliação da tabela do Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro e de quebra acabando com a fama de beberrão – o Cobalt recebeu nota A em todas as versões, além do selo de eficiência energética Conpet.
Abastecido com etanol os Cobalt LT e LTZ 1.4, versões mais econômicas com o novo câmbio manual, agora apresentam média de 8,5 km/l (cidade) e 10,4 km/l (estrada). Com gasolina no tanque as médias são de 12,5 km/l (c) e 15,1 km/l (e). As aferições não ficam muito distantes do Cobalt LTZ equipado com motor 1.8 e câmbio manual: 8,3 km/l (c) e 10,4 km/l (e) com etanol e 12,1 km/l (c) e 15,1 km/l (e) com gasolina, respectivamente.
As maiores diferenças aparecem no Cobalt LTZ e Elite automáticos, também de seis velocidades. Usando etanol o sedã bebe 7,6 km/l (c) e 10 km/l (e) com etanol e 11,1 km/l (c) e 14,4 km/l (e) com gasolina. Confira a lista completa de consumo a seguir.
Fonte: Vrum

2016-08-15