Citroen apresenta conceito híbrido CXPerience

Citroen apresenta conceito híbrido CXPerience

A Citroën divulgou as primeiras fotos do CXperience, conceito que será apresentado oficialmente no Salão de Paris, em outubro. O modelo é um hatchback híbrido plug-in de linhas ousadas características dos protótipos da marca francesa.
Com grandes dimensões, o CXperience tem generosos 4,85 metros de comprimento por 2 m de largura e apenas 1,37 m de altura, enquanto o entre-eixos fica em 3 metros. O conceito traz grade dianteira cromada acompanhada de filetes de led e formato em “V”, luzes diurnas, além de aberturas nas extremidades dos para-choques com abas móveis para favorecer a aerodinâmica. Há também teto panorâmico e abertura inversa das portas traseiras. As rodas são de 22 polegadas.
Por dentro, a marca francesa afirma que o motorista terá a sensação de um ambiente com visão 360º por conta da extensa área envidraçada e as câmeras na dianteira e traseira do veículo. O interior traz acabamento que combina revestimento de tecido na chamativa cor amarelo citrino com apliques de madeira. Já o painel é acompanhado de uma tela flutuante que se alinha à visão do motorista, acima do volante quadrado. Ao lado, uma tela complementar de 19 polegadas concentra os comandos de funções básicas, além da central multimídia e navegador GPS.
O protótipo conta também com câmeras em vez de espelhos retrovisores, além do sistema ConnectedCam — uma câmera instalada sob o retrovisor interno que é ativada (e grava imagens) no caso de um eventual acidente, um recurso estreado na terceira geração do C3.
O protótipo tem um motor a gasolina de 203 cv e um propulsor elétrico de 107 cv que, somados, desenvolvem 310 cv. A transmissão é automática de oito marchas. Se utilizado somente o modo elétrico, o veículo pode trafegar por até 60 km — sempre tracionando as rodas traseiras. As baterias ficam posicionadas abaixo da cabine e podem ser recarregadas em 2 horas e 30 minutos por meio de um carregador especial de 6,6 Kw. Por fim, a suspensão tem módulos hidráulicos progressivos para absorção de irregularidades em vias mal pavimentadas.

Fonte: Quatro Rodas

2016-08-31