Ferrari descarta utilizar câmbio manual em seus próximos carros

Ferrari descarta utilizar câmbio manual em seus próximos carros

Os tempos são difíceis para os amantes de câmbio manual. Entre os esportivos, as opções são cada vez mais escassas. O último golpe veio da Ferrari. Durante o Salão de Paris, o chefe de tecnologia da fabricante foi questionado sobre a utilização da transmissão manual em algum carro e a resposta não foi animadora.

A entrevista foi feita pelo site australiano Motoring e a resposta dada por Michael Hugo Leiters foi : “tecnicamente falando, não”. Segundo ele, a Ferrari é o estado da arte em design, desempenho e tecnologia. Não há transmissão manual que consiga superar a performance do câmbio de dupla embreagem.

O último carro vendido com opção de câmbio manual foram algumas das primeiras unidades da Ferrari California, exclusivamente por encomenda. Segundo Michael, entre três e cinco unidades foram feitas. Antes disso, a 599 teve a opção de câmbio manual. Poucas unidades foram equipadas com ele. O resultado é uma alta valorização no mercado de usados. Recentemente, uma 599 GTB com transmissão manual foi vendida por 700 mil dólares.

O motivo da pergunta foi o Porsche 911R, portador de motor aspirado de 500 cv, câmbio manual e um ronco sensacional, que pode ser apreciado no vídeo acima. Trata-se de uma versão voltada aos puristas. A Ferrari pode fazer algo semelhante, mas só quando o máximo desempenho deixar de ser a prioridade.

Fonte: Motoring

2016-10-07