Toyota Concept-i antecipa o carro do futuro na CES.

Toyota Concept-i antecipa o carro do futuro na CES.

A Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas, está sendo palco de apresentação para os veículos do futuro. A Toyota apresenta no evento de tecnologia o novo Concept-i, projetado pelo Toyota’s Calty Design Research, em Newport Beach, na Califórnia, que traz uma série de recursos para aprimorar a experiência do condutor e demais ocupantes e tornar o automóvel ainda mais conectado ao motorista. Um dos destaques do Toyota Concept-i é um sistema avançado de inteligência artificial (AI), que consegue “antecipar as necessidades das pessoas, inspirar sua imaginação e melhorar suas vidas”, construindo uma espécie de relacionamento com as pessoas. Além de conduzir padrões e horários, o conceito foi projetado para “melhorar a qualidade de vida” dos usuários, como com o uso de tecnologias para saber onde e quando o motorista viaja pelo mundo. Além disso, o sistema AI usa tecnologias avançadas de carros autônomos para ajudar a aumentar a segurança, cominando estímulos visuais e táteis para aumentar a comunicação com base na capacidade de reposta do condutor. Enquanto sob certas condições os usuários terão a opção de condução automática ou manual com base em suas preferências, o Concept-i monitora continuamente a atenção do motorista e as condições da estrada, com o objetivo de aumentar o suporte de condução automatizado conforme o necessário para reforçar o engajamento do motorista ou para ajudar a conduzir em situações perigosas de estrada. “Na Toyota, reconhecemos que a questão importante não é se os futuros veículos serão equipados com tecnologias automatizadas ou conectadas”, disse o vice-presidente sênior de operações da Toyota, Bob Carter. “É a experiência das pessoas que se envolvem com esses veículos, graças ao Concept-i e ao poder da inteligência artificial, pensamos que o futuro é um veículo que pode se envolver com as pessoas”. Outro item oferecido pelo Toyota Concept-i é o sistema de inteligência artificial, batizado de “Yui”, que usa a luz, som e até mesmo o toque nos ocupantes para dar informações críticas. Ele usa luzes coloridas nas extremidades dos pés dos ocupantes para indicar se o carro está em modo de condução autônomo ou convencional, projeta informações na traseira para avisar sobre pontos cegos e usa um head-up display avançado para ajudar o motorista a manter os olhos na estrada. É claro que o Concept-i não será necessariamente o carro do futuro (pelo menos não por agora), mas é praticamente certo que boa parte dos itens apresentados pelo Toyota, como os sistemas AI e Yui, deverão ser implantados nos automóveis de produção nas próximas décadas.
Fonte: noticiasautomotivas

2017-01-05